sábado, 20 de agosto de 2011

Complexos de Aninha Rodrigues


Ana Karla Vasconcelos Kizem Rodrigues pode parecer um nome bem grande, mas pra mim é coisa de princesa. Certo, eu superei a parte do "princesa" há anos atrás, mas agora eu sei aproveitar os benefícios de um nome arranha-céu.

Primeiro, porque eles não têm nada em comum. Posso ser Karla Kizem, Ana Vasconcelos ou até mesmo Aninha Rodrigues - tudo isso e ainda estar dentro da lei. Uso milhões dos meus pseudônimos por aí.

O problema mesmo é saber quando sou eu. Muitas pessoas me chamam de Karla, mas eu nunca consigo associar que Karla é meu nome. Muitas outras me chamam de Aninha, todas com um sotaque muito estranho, que lembra algo como "Ahnihnah", mas são só nas quartas-feiras e feriados bancários que eu não acho meigo.

Karla Kizem, meu alter ego, foi a pessoa que eu criei na Internet. Ela que escreve, produz, edita... ela faz tudo. Geralmente não se importa muito com o que os outros dizem. Eu gosto da Double K.
Ana Vasconcelos é a pessoa que as pessoas não conhecem, e por isso resolvem chamar pelo primeiro nome e sobrenome. Sem comentários.
Aninha Rodrigues é a menina da família, a garotinha que pelo visto nunca vai crescer, ocasionalmente trocada por Karlinha. 

As três são muito diferentes, mas todas são partes do mesmo eu.
Cada uma tem seus complexos, e eu espero poder me aprofundar neles um dia desses.

A única desvantagem?
Da próxima vez que você vir uma "AnaVascon" na Internet, acho que já vai saber quem é...
Pena... Era um disfarce tão bom.

2 comentários:

Lµcas disse...

Feriados bancários...

Anônimo disse...

Eu adorei....