terça-feira, 5 de abril de 2011

Durante as provas,

Minha cabeça se rebela.

Na prova de Biologia, tive uma revelação sobre a vida no meio de uma questão sobre desnaturação proteica.

No prova de Literatura, tive uma ideia brilhante pra uma história, e não sosseguei até formular a base dela inteirinha pra poder continuar a prova.

A prova acaba, e eu fico olhando pro nada imaginando que a professora da sala de provas é um peixe, e que todos nós estávamosmos nadando nas ondas do conhecimento.

Depois eu decido que aquilo mais parece os exames NOM's de Harry Potter, e vejo que estou indo longe demais. Tento dar "Nox" na minha cabeça.

Fico duas horas sem poder fazer nada, nem olhar pros lados, e prefiro dormir. Sonho que tem alguém me mordendo, e acordo assustada, fazendo sinal da cruz.

Vejo que tem muita gente de outras séries fazendo prova caladinhos ainda, e disfarço legal.

Sabe aquela sensação de acordar no meio de pessoas estranhas com aquela cara linda, que nem no avião?

Eu comecei a achar, viajando, que todos tinham acabado de dormir também.
E pensei "Puxa, que legal".

Tinha um garoto dormindo lá no canto, e eu estava com vontade de cutucar ele, só de graça.

Como vocês podem perceber, eu fico bêbada quando acabo de acordar.

Olhei no relógio. PUTZ. Faltavam ainda 50 minutos de prova. 50 minutos Forever Alone, sem ao menos poder pegar um livro pra ser feliz...

50 minutos numa sala cheia de gente mais velha e estranha, 50 minutos antes de poder ir ao banheiro...


Faço provas para pensar. Literalmente.


Um comentário:

Poiison Giirl disse...

Eu não sei, mas eu sempre entro em desespero em prova. Se eu começar a ter uma ideia de historia ali, eu não consigo sossegar se ela não estiver escrita... se não aí já era... Adorei o seu texto.

Beijos, Poiison Giirl
Tijolinha, Books & Fanfics