domingo, 27 de março de 2011

Frustração

Já tentei fazer poemas, crônicas... já tentei um milhão de metáforas. Mas nada parece extravasar o que eu estou sentindo nesse momento.

O jeito vai ser algo simples, pobre, nada bonito... um desabafo. Sim, apenas um desabafo. Sem mais floreios.

Se você não gosta de gente divagando ou reclamando, desça para o próximo post... ou simplesmente saia do blog, porque, afinal, este é o .:Divagações & Reclamações:..

***

Eu vivo repetindo esse ano: "2011, pare de tentar ser 2012!".
Porque o danadinho tá que tá.

2010 era egoísta, só queria me ferrar.
Mas 2011, a coisa é coletiva.

Eu não consigo mais me concentrar, qualquer coisa me deixa irritada, vivo agoniada, com a sensação de que sempre está faltando alguma coisa... até sonhei esta noite que o professor de Matemática estava dirigindo um carro e nos jogou em um penhasco de propósito, mas só pra mostrar que do ângulo que a gente tava caindo, íamos aterrisar macio no chão.

E eu não estou brincando.
Acordei assustada, e decidi nunca mais subir uma serra de carro.
De avião pode.

Mas então, dormi e sonhei que estava em um voo com a minha família de São Paulo para Porto Alegre, mas o voo tinha sido sequestrado por um maníaco que fez buracos no chão do avião, que iam engolindo as pessoas e jogando elas pra fora.

O jeito era se segurar naqueles compartimentos para malas, só que depois de algumas horas suas mãos ficavam cansadas, e você soltava. Eu vi montes de pessoas - incluindo algumas que eu conheço - serem arrastadas para a morte.

Acordei novamente, decidindo que não era um bom dia para sair de casa... ou da cama.

Pesadelos macabros como esses são comuns no meu sono todos os dias, e por causa deles, nunca tenho uma boa noite de sono... e por isso, durmo demais quando posso.

De noite sou aterrorizada, de dia vivo sob tensão, de tarde estou estressada e preocupada com tarefas gigantescas, trabalhos complicados, provas complexas...

E como se não bastasse, outros problemas pessoais já estão ocupando muito espaço na minha cabeça. Problemas que não fui eu que criei, mas que preciso lidar.

E os causadores acham que ainda estão no direito de achar que está tudo bem. Não, não está.

Eu estou a beira de um colapso, você não vê?

Não consigo mais falar com ninguém, me jogo no chão, arremesso o corpo contra a parede... Tudo sem motivo. Sinto que os dias de qualidade estão voando, e que há uma contagem regressiva ecoando pelos ares, para o dia em que a minha vida vai desmoronar de novo - sim, de novo.

As aulas não passam, os dias não passam... mas o sábado vai embora em um piscar de olhos.

Quando é quinta, já penso: "Droga, o final de semana já está acabando de novo".

E você pode achar que eu sou esse ser engraçado, de piadas infames, e que sempre está de bem com a vida, e pode pensar até que este post está em um blog errrado, mas sinto em lhe informar que esta sou eu de verdade.

Tenho humor, sim, tenho humor sarcástico, irônico, maldoso. Este está sempre presente. A bobeira é para dias muito bem selecionados.

Mas fico satisfeita em saber que isso não é só comigo. Sou egoísta o bastante para pensar assim. Muita gente está pensando do mesmo jeito, e nessa hora, o melhor mesmo é se reunir, e todo mundo se ferrar junto.

Se eu conseguisse ficar tão perto de alguém para isso, seria ótimo.

Mas é por isso que eu tenho esse blog.
E cada acesso a mais por dia é menos interação que eu terei com qualquer pessoa.

Quando chegar aos 20.000 acessos, considere-me uma pessoa sem vida social. Mas feliz. Eu gosto daqui. Sinto-me ouvida, importante. Alguém que as pessoas se importam com a opinião.

Agora, já posso voltar para os Diários de Viagem, poemas toscos, bebês sorridentes e tiras engraçadas de sempre... Pois é assim que eu deixo a vida me levar. Literalmente.

Vida, leva eu.

Um comentário:

. disse...

Oh querida, eu tbm sinto que este tá que tá... VIXE.
tenho medo até de acordar e pensar eita hoje pode acabar o mundo.

Adorei o post flor!
Ah e outra coisa obrigada pelo comentario sobre minhas fotos.
E só pra constar eu adoro suas fotos.
E venero seus textos...
Ja disse umas tres ou cinco vezes?
Voce é otima, vc é foda...

Entao ate mais.=*